O imbróglio entre Goiás-Flamengo-Michael tem prazo para acabar. O Goiás Esporte Clube deu à equipe carioca o prazo até o meio-dia desta sexta-feira (9) para “bater o martelo” e anunciar o atacante como novo reforço do rubro-negro. A revelação foi feita por Edminho Pinheiro, responsável pela negociação por parte do esmeraldino, em entrevista à Sagres 730.

“Não teve nenhum, mas cordialmente ficamos acordados eu e o Marcos Braz que essa partida do ‘jogo da amizade’ se encerra amanhã às 12h (…) eu não posso ficar nessa situação de espera por muito tempo até porque o atleta já está treinando, já está em suas atividades. Disse para o Marcos Braz, da forma sincera e cordial que sou, que eu tenho outras situações que não abri conversação devido ao respeito que tenho pelo Clube de Regatas Flamengo”, explicou.

Segundo o vice-presidente do Conselho Deliberativo do Goiás, se o Flamengo não acertar a compra dos 80% dos direitos divididos entre o Verdão e o Goianésia, a equipe goiana vai abrir negociação com outros interessados pelo atacante.

Entenda

O dirigente esmeraldino viajou ao Rio de Janeiro e teve duas reuniões com a cúpula do Flamengo na última quarta-feira (8). Edminho Pinheiro retornou à Goiânia sem fechar o negócio e o camisa 11 se apresentou para iniciar a pré-temporada na manhã desta quinta-feira (9).

O problema é a postura do empresário de Michael, Eduardo Maluf, que repassou à equipe carioca que os 80% dos direitos seriam negociados por 7,5 milhões e meia de euros. No entanto, segundo o dirigente, essa porcentagem só será vendida por 8 milhões de euros: 7,5 milhões para o Goiás e quinhentos mil euros para o Goianésia.

(Total de Visitas 12 , 1 visitantes hoje)