Estudantes goianos responsáveis por criação de chiclete para astronautas foram homenageados com certificado de reconhecimento da Agência Espacial Brasileira (AEB), na manhã desta quarta-feira (31), em Brasília; a cerimônia ocorreu na sede da agência. O “chiliclete” – em referência à receita picante chilli – é uma goma de mascar feita com pimenta para ajudar astronautas a sentirem o sabor dos alimentos. A inovação foi desenvolvida por alunos do curso de Robótica no Centro de Atividades “Mozart Soares Filho”, do Sesi Canaã, em Goiânia.

Segundo a diretora da unidade escolar, Antônia Stecca, reconhecimentos como esse são um grande incentivo para os alunos continuarem o projeto e realizar novas pesquisas. O próximo passo da coordenação do projeto é garantir que o produto seja patenteado.

“Essa é uma experiência incrível! Os meninos estão encantados! Isso incentiva a pesquisa e inovação para essa nova geração. É uma oportunidade sem igual. Os alunos estão vislumbrando a perspectiva de conhecimento de amplitude do que já pesquisaram. Eles serão os profissionais de amanhã e terão essa bagagem”, declara.

 

A pesquisa foi desenvolvida durante quase um ano pelo grupo de estudantes, com idades entre 15 e 17 anos. Os jovens foram selecionados para a competição internacional após apresentarem o Chiliclete na edição nacional do Torneio de Robótica, no Rio de Janeiro, em março deste ano.

“Nós educadores vemos uma oportunidade muito grande do jovem, cada vez mais, se interessar em pesquisa e estudo. Isso enche nosso coração de alegria e nossos olhos de esperança. Porque esse é o nosso propósito: incentivar pesquisa”, relata.

Os jovens também tiveram um encontro com a primeira astronauta mãe a ir ao espaço, Anna Lee Fisher.

 
(Foto: Leitor/Mais Goiás)

(Foto: Leitor/Mais Goiás)

Premiação

Em 14 de julho, sete alunos goianos conquistaram o primeiro lugar no Torneio Aberto de Robótica de West Virginia, da universidade da Nasa, nos Estados Unidos. Os estudantes levaram para casa o maior prêmio da competição por terem inventado o “Chiliclete”, um chiclete de pimenta para ajudar astronautas a sentirem o sabor dos alimentos. Eles são estudantes do Curso de Robótica no Centro de Atividades “Mozart Soares Filho”, o Sesi (Serviço Social da Indústria) da Vila Canaã, em Goiânia.
 
O grupo superou 70 equipes de 12 países. Os alunos tiverem a ideia ao perceberem que, por conta da gravidade, o corpo dos astronautas muda e eles não conseguem sentir o cheiro e o sabor dos alimentos. Assim, a solução encontrada foi o chiclete, que é uma goma de mascar feita com componentes da pimenta. A proposta é que a invenção devolva a sensibilidade ao astronauta.

A pesquisa foi desenvolvida durante quase um ano pelo grupo de estudantes, com idades entre 15 e 17 anos. Os jovens foram selecionados para a competição internacional após apresentarem o Chiliclete na edição nacional do Torneio de Robótica, no Rio de Janeiro, em março deste ano.

*Thaynara Cunha é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira

(Total de Visitas 9 , 1 visitantes hoje)